AE Profissionais 2018 | 5ª Ed.

O Aprender a Educar surge com o intuito de apoiar a prática profissional de uma diversidade de técnicos de intervenção social a atuar, maioritariamente, com populações vulneráveis. Cada uma das sessões deste programa aborda questões críticas com que se debatem estes profissionais, e tem por objetivo aprofundar a reflexão em torno das melhores práticas na resposta aos desafios do seu papel profissional.

As sessões decorrem às quartas-feiras das 18h00 às 20h00 na Universidade Católica Portuguesa - campus Foz.

 

  7 MAR | Na corda bamba: os desafios na avaliação e intervenção com famílias em risco.

21 MAR | Madurez del menor para tomar decisiones

 11 ABR | Intergeracionalidade: avós, pais, filhos e netos todos juntos!

  16 MAI | Mindfulness para profissionais: Cuidar de quem cuida

  23 MAI | Vínculos para Crescer: desafios e oportunidades às relações de vinculação em acolhimento

   6 JUN | Pequenas equipas de trabalho... Grandes desafios!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Na corda bamba: os desafios na avaliação e intervenção com famílias em risco

7 março 2018

Com Elisa Veiga

A proteção da infância e juventude tem como referente o superior interesse da criança, princípio orientador da decisão judicial acerca das medidas de promoção e proteção. No âmbito do acolhimento residencial é incontornável o trabalho com a família e a consolidação de uma relação de cooperação que considera as necessidades desenvolvimentais das crianças e jovens. Que desafios se colocam aos profissionais que necessitam de trabalhar com famílias avaliadas como problemáticas e disfuncionais? Que fatores contribuem para um processo de avaliação e intervenção ajustado às características de cada família e necessidades das crianças?

Inscrições »»»

 

 

 

Madurez del menor para tomar decisiones

21 março 2018

Com Angus Roldán

Que maturidade têm as crianças para a tomada de decisões? É uma questão que tem sido colocado por profissionais desde o direito, à sociologia e psicologia, e que interessa a estas entre outras áreas. 

A sociedade atual está crescentemente desperta para a necessidade de ver a criança enquanto sujeito de direitos, cuja voz deve ser levada em consideração para as decisões que lhe digam respeito. Assim, o debate acerca da capacidade da criança agir, das responsabilidades da sua ação enquanto menor de idade, das (in)certezas em torno das variáveis cognitivas e emocionais que têm sido estudadas no âmbito da tomada de decisão infantil é atualmente útil e relevante.

Inscrições »»»

 

 

 

 

Intergeracionalidade: avós, pais, filhos e netos todos juntos!

11 abril 2018

Com António Fonseca

Antigamente, quando as diferentes gerações viviam próximas ou até debaixo do mesmo teto, as relações entre elas não necessitavam de ser fomentadas. O mesmo não se passa hoje em dia, em que é necessário prever lugares e tempos para que pessoas de diferentes idades falem e convivam entre si! Esta sessão vai abordar a importância das relações intergeracionais e como promovê-las, tanto no quadro familiar como comunitário.

Inscrições »»»

 

 

 

 

Mindfulness para profissionais: Cuidar de quem cuida

16 maio 2018

Com Luisa Mota Ribeiro e Filipa Soares

A satisfação do trabalho na área social pode ser enorme: a oportunidade diária de estar presente, apoiar, de poder fazer a diferença na vida de tantas pessoas pode contribuir de forma inequívoca para a satisfação pessoal e profissional dos técnicos que muitas vezes vivem a sua profissão como um propósito de vida.

Ao mesmo tempo, os desafios e o desgaste inerentes ao trabalho diário com pessoas em situação de vulnerabilidade, em estruturas que nem sempre proporcionam aos seus técnicos as condições de estabilidade e saúde mental necessárias a quem cuida, estão na base de stress, ansiedade e burn-out. Encontrar formas de cuidarmos de quem cuida, mantendo a sua saúde, bem-estar é determinante para a qualidade do apoio que prestamos aos outros.

Nesta sessão vamos experimentar práticas de mindfulness, perceber o seu contributo ao nível da redução de stress e promoção de bem-estar e refletir como podemos integrar o mindfulness na nossa vida profissional.

Inscrições »»»

 

 

 

 

Vínculos para Crescer: desafios e oportunidades às relações de vinculação em acolhimento

23 maio 2018

Com Mariana Negrão

As relações de qualidade com outros significativos, presentes no dia-a-dia, são um ingrediente fundamental a um desenvolvimento saudável de todas as crianças e jovens. No caso das crianças e jovens acolhidos, existem desafios particulares ao desenvolvimento e manutenção destas relações de qualidade, seja pelas histórias de negligência e mau-trato que fazem parte da sua vida, seja por dimensões inerentes ao funcionamento das instituições. Neste contexto, a teoria e investigação em vinculação são um referencial fundamental para apoiar os profissionais na reflexão sobre particulares desafios e oportunidades que se colocam: Qual a centralidade de um cuidador de referência? Que importância na manutenção da relação com a família de origem? Mesmo os jovens mais velhos conseguem formar novos vínculos? Será uma família pior solução de acolhimento face a uma instituição pela disrupção da relação que implica? Serão algumas das questões levantadas e refletidas neste encontro.

Inscrições »»»

 

 

 

 

Pequenas equipas de trabalho... Grandes desafios!

6 junho 2018

Com Ana Isabel Duarte

Enviesamento de comunicação, inflexibilidade, inconsistência, foco no problema, expectativas desajustadas, falta de identidade de grupo, de sentido de pertença ou de segurança psicológica são alguns dos desafios que surgem no contexto organizacional.

Como transformar um grupo de trabalho numa equipa? Como integrar diferentes perspetivas? Como gerir formas de funcionamento distintas?

Embora não exista um plano de ação definido, sabe-se que os desafios são potenciadores da mudança e que as diferenças interpessoais se assumem como catalisadoras da aprendizagem. Esta sessão pretende refletir sobre os desafios com que se confrontam as equipas de trabalho e explorar estratégias que possam contribuir para níveis superiores de desempenho.

Inscrições »»»