Apresentação

O APRENDER a EDUCAR é um programa de formação, da iniciativa da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa (FEP-UCP), dirigido a todos quantos reconhecem a necessidade de aprender e de refletir mais sobre a tarefa de educar!

Iniciado no ano letivo de 2003/04, o APRENDER a EDUCAR conta já com uma história de mais de uma década, durante a qual se foi especializando para melhor responder às necessidades dos públicos que nos procuram.

 

Atualmente o APRENDER a EDUCAR apresenta anualmente três programas distintos:

  • APRENDER a EDUCAR - Pais

Desenvolvido com o objetivo de apoiar os pais na tarefa de educar, suscitando a reflexão e debate em torno de temas importantes e atuais na educação de crianças e jovens, e pensando dicas práticas que ajudem a potenciar o papel parental.

  • APRENDER a EDUCAR - Professores e Educadores

Visa contribuir para a resposta a desafios específicos que emergem no contexto escolar, aprofundando a compreensão das dinâmicas psicológicas inerentes a estes desafios e propondo estratégias práticas que possam concorrer para a sua superação.

  • APRENDER a EDUCAR - Profissionais

Aborda de forma particular as dificuldades com que se debatem uma diversidade de técnicos de intervenção social a atuar, maioritariamente, com populações vulneráveis, visando a reflexão em torno das melhores práticas na resposta aos desafios ao seu papel profissional.

 

Todos os programas são constituídos por sessões independentes, permitindo que cada um possa eleger os temas a aprofundar, e garantindo a adequação às diferentes necessidades sentidas em cada contexto e momento.

No sentido de um ajuste ainda mais completo às necessidades de diferentes instituições e comunidades educativas, o APRENDER a EDUCAR sai por vezes das portas da Universidade, dinamizando sessões em escolas, IPSS, etc., respondendo a pedidos específicos de instituições que o solicitam.

É com satisfação que contamos, ao longo dos últimos anos, com centenas de participantes que frequentaram as nossas sessões de formação! Estas apresentam-se diversas nos temas e nos públicos, mas unificadas no objetivo central de alargar a compreensão de problemas prevalentes no quotidiano, e de contribuir com estratégias, tão cientificamente válidas quanto práticas e exequíveis, para lidar com estes.