Licenciatura em Psicologia: Estudantes realizam trabalhos através do modelo Aprendizagem Baseada em Problemas

No 1º ano da licenciatura em Psicologia, da Faculdade de Educação e Psicologia da Universidade Católica Portuguesa, uma das cadeiras é “Aprendizagem, Motivação e Memória”. Em 2019/2020 as docentes adotaram o modelo Aprendizagem Baseada em Problemas (Problem-Based Learning) e os resultados foram muito positivos. “Esta metodologia trouxe enorme entusiasmo ao nosso papel de docentes, um papel sobretudo de facilitadoras de um processo de aprendizagem autónomo e construído por cada aluno/a! Acreditamos que os nossos alunos podem ir mais longe quando lhes é dada oportunidade para tal e acreditamos que vale a pena arriscarmos em fazer diferente com e pelos nossos alunos,” referem Marisa Simões Carvalho e Rosário Serrão Cunha, docentes da Faculdade de Educação e Psicologia.

A estudante Mariana Teixeira salienta: “algo muito importante para mim foi o facto de todos os estudantes terem um papel ativo na sua aprendizagem, o que aumentou a motivação.” Em termos gerais, “gostei bastante de trabalhar neste método e aprender a desenvolver capacidades que achava que nunca as iria desenvolver sozinha ou através da ajuda dos meus colegas!” conclui.
“Os estudantes não só aprenderam conteúdos essenciais desta cadeira, mas também desenvolveram competências fulcrais para qualquer futuro psicólogo”, referiram as docentes acrescentando: “a capacidade de pesquisa de informação, auto-conhecimento das suas potencialidades e fraquezas num trabalho de equipa, competências de comunicação oral e digitais, entre outras.” As docentes realçam também a aprendizagem da aplicação da teoria à prática, ou seja, a problemas reais e concretos, “o que é a principal função de um Psicólogo!”

Julho 2020