Mestrado em Ciências da Educação

PrintPrint

Administração e Organização Escolar

Coordenação Científica: Prof. Doutor José Matias Alves

A problemática da gestão das instituições de educação e formação está na ordem do dia. Geralmente são as ineficiências e os desperdícios que transportam a questão para a atualidade. De facto, a má gestão das instituições educativas é o pano de fundo de onde se parte. Mas também só muito raramente se conhecem e divulgam as boas práticas e os bons resultados que se alcançam. A importância crucial de uma boa gestão das instituições de educação e formação confere à administração e organização escolares uma grande centralidade, tanto nas políticas sociais como nos planos e nas ações comunitárias.

Dentro desta problemática mais vasta, saltam como novas áreas-problema da análise social da administração educacional as seguintes: a gestão das pessoas e dos recursos, a avaliação dos centros de educação, a gestão ética das escolas e dos centros de formação, os projetos de escola e os modelos de administração e de gestão.

Com esta especialização pretende-se criar uma oportunidade de estudo da administração e gestão das escolas portuguesas de um modo muito concreto, recorrendo ao estudo de casos, alargando a reflexão ao contexto europeu e internacional e procurando desenvolver o estudo das boas práticas.

A sociedade do conhecimento exige que as organizações de ensino e formação estejam em contínua aprendizagem, sejam capazes de questionar-se e, sobretudo, que consigam gerar novos saberes e novas práticas para responder às necessidades de alunos, professores e comunidade envolvente.

 
Plano de Estudos
 

Componente de Formação

Ano Unidades Curriculares Docentes Horas de contacto ECTS
C. Educação Investigação em Ciências da Educação Ilídia Cabral e Diana Soares 25 8
C. Educação Políticas de Educação e Formação Joaquim Azevedo 25 6
Específica Sociologia das Organizações Educativas Marisa Carvalho 37,5 8
Específica Teorias e Práticas de Administração Escolar Joaquim Machado 45 8
Específica Gestão Escolar e Culturas Organizacionais e Profissionais Ilídia Cabral 30 8
Específica Avaliação Institucional e Avaliação do Desempenho Diana Soares 37,5 8
Projeto Seminário de Projeto em Administração e Organização Escolar José Matias Alves 50 14
- Investigação/Dissertação - - 60
TOTAL 250 120
 
 

Licenciados pré-Bolonha (1)

Especialização Componente de Formação Unidades Curriculares Docentes Horas de contacto ECTS
Administração e Organização Escolar C. Educação Investigação em Ciências da Educação Ilídia Cabral e  Diana Soares 25 8
Administração e Organização Escolar Projeto Seminário de Projeto em Administração e Organização Escolar José Matias Alves 50 14
Administração e Organização Escolar   Relatório ou Dissertação A designar - 60
(1) Os Licenciados Pré-Bolonha poderão requerer a acreditação da formação anterior, sendo-lhe atribuídas, em função da análise do Curriculum Vitae, de 38 a 46 ECTS. No caso da acreditação se situar nesse intervalo, o aluno terá ainda que frequentar formação avançada até completar as ECTS necessárias.
 
 
 

Duração

A duração do ciclo de estudos é de dois anos/quatro semestres curriculares na modalidade de frequência a tempo inteiro, ou de três anos/seis semestres curriculares na modalidade de frequência a tempo parcial, com um primeiro ano comum destinado à realização da componente curricular. Os alunos pagarão em 4 semestres (2 anos) o valor das propinas relativas ao 2º ano do curso, caso optem pela realização deste ano a tempo parcial.

 

Certificação

A frequência e conclusão do primeiro ano do Mestrado confere o direito a um Certificado de conclusão da parte curricular do mestrado.

A frequência e aprovação na totalidade do Mestrado confere o grau de Mestre em Ciências da Educação, na área de especialização de Administração e Organização Escolar.

 

Horários

  • sexta-feira: das 17h00 às 20h00
  • Sábado de manhã: das 9h30 às 12h30

 

Destinatários

Os destinatários desta formação são técnicos da educação, educadores e professores dos ensinos básico e secundário e agentes que trabalham no campo social, formativo e educativo.