Tarek Atoui · Camadas e Estratificação

27.05.2021 18:30
Edifício das Artes / Arts Building

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

27.05.2021 18:30 Tarek Atoui · Camadas e Estratificação Link: https:///pt/node/?msite=24

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto

 

SEE ENGLISH BELOW

Aulas abertas 2021 · Arte / Pensamento / Som
Tarek Atoui · Camadas e Estratificação
27 MAI · 18H30

Moderador · Nuno Crespo
 
Ao longo deste ano, Tarek Atoui está envolvido numa série de conversas através de diferentes plataformas nas quais ele partilha as suas ferramentas, métodos de trabalho e abordagem do som com uma variedade de públicos: crianças, estudantes universitários, trabalhadores da cultura, requerentes de asilo.
 
Esta aula na Escola das Artes será um percurso por um destes capítulos: como amplificar som, como ouvir a matéria e gravá-la, como usar objetos do quotidiano, instrumentos experimentais e clássicos nessas abordagens e experimentação.
 


BIO

Tarek Atoui (1980, Beirut, Lebanon) é um artista e compositor que trabalha com o medium do som. Os seus trabalhos são informados por uma pesquisa extensiva na teoria e tradição musical, que ganham vida em performances em que explora novos métodos de colaboração e produção. No centro do seu trabalho existe uma reflexão constante entre o individual e o geral e a natureza aberta e dinâmica da performance ao vivo. O uso do som por Atoui desafia as nossas formas estabelecidas de compreensão e expande as formas de experienciar o medium. O seu projeto WITHIN, parte da Cultura dos Surdos para encontrar novas ideias para construção de instrumentos, composição e performance. Na The Reverse Collection, instrumentos de idade e origem desconhecida num museu de antropologia são tocados e gravados e depois transformados numa nova coleção de instrumentos que são construídos exclusivamente a partir da escuta destas gravações. Atualmente Tarek Atoui vive e trabalha em Paris, França.  

website



Open programme 2021 · Art / Thought / Sound
Tarek Atoui · Layering and Stratification
27 MAY · 18H30

Moderator · Nuno Crespo

Thoughout this year, Tarek Atoui is engaging in a series of talks through different platforms on which he shares his tools, work methods, and approachof sound with a variety of audiences: children, university students, cultural workers, asylum seekers.
 
The course at the School of Arts — UCP will be a walk through one of these chapters: how to amplify sound, how to listen to matter and record it, how to use daily life objects, experimental or classical instruments in such approches and experimentation.

BIO

Tarek Atoui (1980, Beirut, Lebanon) is an artist and composer who works within the medium of sound. His works are informed by extensive research into music history and tradition, that come to life in performances that explore new methods of collaboration and production. At the center of his work there is an ongoing reflection between the individual and the general and the open and dynamic nature of live performance. Atoui’s usage of sound challenges our established ways of understanding and expands our ways of experiencing this medium. His project WITHIN, departs from Deaf Culture to find new ideas for building instruments, composing, and performing. In The Reverse Collection, instruments of unknown age and origin in an anthropology museum are played and recorded than transformed into a new collection of instruments that are made from exclusively listening to these recordings. Tarek Atoui currently lives and works in Paris, France.
 
 

 

 

Porto Summer School on Art & Cinema 2019


Depois da primeira edição de grande sucesso e que juntou cineastas como Apichatpong Weerasethakul, João Salaviza, Salomé Lamas ou João Pedro Rodrigues, já está definido o programa da Porto Summer School on Art & Cinema, a ter lugar entre 2 a 6 de julho de 2019 em vários locais da cidade do Porto e com epicentro na Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, que organiza o evento. 

Trilhando um caminho para a sua dimensão internacional, a segunda edição desta Summer School é composta principalmente por convidados internacionais e também é direcionada para estudantes internacionais e nacionais. Durante uma semana, os participantes da Summer School trabalharão com cinco artistas e cineastas de grande prestígio internacional: estarão na cidade do Porto os realizadores Atom Egoyan Todd Solondz, e os artistas Julião Sarmento João Maria Gusmão/Pedro Paiva. Também confirmada está a artista brasileira Ana Vaz, que cumpre, ao longo do segundo semestre deste ano letivo, uma Residência Artística na Escola das Artes. 

O curso incluirá também curadores e académicos que dialogarão com os artistas e cineastas. A lista é composta por Carles Guerra (diretor da Fundació Antoni Tàpies), Sabeth Buchmann (Professora da Academia de Belas Artes de Viena), Guilherme Blanc (Assessor Cultural da Câmara Municipal do Porto), Nuno Crespo (Diretor da Escola das Artes, crítico e curador), e Daniel Ribas (professor da Escola das Artes e programador de cinema).

Porto Summer School on Art & Cinema pretende ser um curso avançado de novas práticas de cinema, combinando um pensamento crítico com o contacto com grandes criadores do cinema e da arte contemporânea. A diversidade de abordagens processuais, bem como os temas decisivos do mundo atual, serão apresentados por realizadores/artistas de relevância internacional, em diálogo com pensadores, críticos e académicos que discutirão o trabalho desenvolvido durante a semana. A Summer School está estruturada em cinco dias, sendo cada dia dedicado a um dos realizadores/artistas que, em diferentes momentos e com diferentes estruturas, estará em contacto direto com os participantes, num ambiente criativo e informal. 

Para além dos workshops diários, a Summer School tem também um programa público, composto principalmente por sessões de cinema e abertura de exposições, nas quais participarão os seis realizadores/artistas que estão presentes no curso. Este programa é oferecido à cidade e ao seu público cultural e acontecerá em diferentes espaços culturais. O programa final será anunciado em breve.

A presença de Todd Solondz no Porto é feita em parceria com o Curtas Vila do Conde - Festival Internacional de Cinema, que terá no cineasta americano o realizador em foco na 27.ª edição do festival, que este ano irá decorrer de 6 a 14 de julho. Esta retrospetiva inclui seis filmes de Solondz e inicia-se no programa público da Summer School, no dia 5 de julho.

 

INSCREVE-TE AQUI.

Programa detalhado em: http://artes.porto.ucp.pt/summerschool

pt
20-03-2019

SCOTOMA CINTILANTE + DISMORFIA | Jonathan Uliel Saldanha

09.04.2019 19:30

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

09.04.2019 19:30 SCOTOMA CINTILANTE + DISMORFIA | Jonathan Uliel Saldanha Link: https:///pt/node/?msite=24

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
 
 
Imagem: Jonathan Uliel Saldanha/ Ricardo Megre
 
 
09 abril 
 
19:30h
SCOTOMA CINTILANTE
(Performance)
Auditório Ilídio Pinho 
 
20:30h
DISMORFIA
(Inauguração)
Sala de Exposições
 
Um projeto de Jonathan Uliel Saldanha
 
Edifício das Artes
Universidade Católica Portuguesa- Campus Foz
Rua Diogo Botelho, 1327 4169-005 Porto
 
 
Resultado de uma residência artística desenvolvida na Escola das Artes desde janeiro de 2019, Jonathan Uliel Saldanha apresentará, no dia 9 de abril, a performance “Scotoma Cintiliante”, no Auditório Ilídio Pinho, e a exposição “Dismorfia”, na Sala de Exposições da Escola das Artes. 
 
SCOTOMA CINTILANTE
A performance Scotoma Cintilante – que integra as celebrações dos 40 anos da Universidade Católica Portuguesa no Porto e, ainda, a programação da bienal BoCA (Biennial of Contemporary Arts) – parte de uma mundivisão onde a relação tátil com a matéria inanimada é a fonte primordial da construção do som. Este concerto-performance inscreve-se entre matéria e anima, pré-linguagem e superfície, operando a interceção de quatro eixos distintos: o aparelho vocal humano; a mediação de uma linguagem háptica (relativa ao tacto); a refração como mecanismo tático de mutação e “re-materialização” do tempo; e a camuflagem da palavra pela voz. Entre a dismorfia, a refração vocal e uma Via Sacra.
Assim, este concerto-performance inscreve-se entre matéria e anima, pré-linguagem e superfície, o devir de um objecto e uma Via Sacra. Operando a interceção do aparelho vocal humano com o tacto, numa refração da voz pela dismorfia.
 
A estreia da performance Scotoma Cintilante será feita no Auditório Ilídio Pinho em duas zonas contíguas, uma zona háptica onde a performance se desenrola e uma zona ressonante onde a performance é difundida.
 
> zona háptica: 50 lugares
> zona ressonante: 100 lugares
(Entrada: pelo Edifício das Artes)
 
A entrada é livre, mas sujeita à lotação da sala: 
RSFF: artes@porto.ucp.pt até 4 de abril.
 
 
 
 
 
DISMORFIA
Depois do concerto-performance, o artista inaugura na Sala de Exposições da Escola das Artes, a exposição “Dismorfia” – um trabalho que traduz os três meses da residência artística na Escola das Artes da Católica no Porto. 
Esta exposição documenta igualmente o trabalho que o artista veio a desenvolver com vários professores da Escola das Artes, nomeadamente Pedro Monteiro (Música),  Ricardo Megre (Animação), Carlos Lobo (Fotografia), André Perrota (Multimédia).
 
 
JONATHAN ULIEL SALDANHA
Jonathan Uliel Saldanha é um construtor sónico e cénico que trabalha na intereceção do som, do gesto, do palco e do filme. É fundador do coletivo SOOPA, co-fundador da editora SILORUMOR, uma das partes do duo FUJAKO e diretor dos HHY & The Macumbas. Em novembro estreou a peça SØMA na Culturgest Lisboa, e em 2017 as instalações de vídeo e som AFASIA TÁTICA, na Culturgest Porto, e ANOXIA, na Bienal Ano Zero em Coimbra. Co-criador das peças de palco BOCA MURALHA, SHARK, REI TRILOGY e encenador das peças JUNGLE MACHINE, KHORUS ANIMA, O POÇO e OXIDATION MACHINE apresentadas em espaços como o Museu de Serralves, o Accès(s) Festival, o Teatro Municipal Rivoli e o Palais de Tokyo, Paris.
 
 

Música Analítica 2019 > Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music

21.03.2019 09:00 — 23.03.2019 20:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

21.03.2019 09:00 23.03.2019 20:00 Música Analítica 2019 > Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music Link: https:///pt/node/?msite=24

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto

 

 
Música Analítica 2019:
Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music
 
Escola das Artes - Universidade Católica Portuguesa
Porto, Portugal: Março 21–23, 2019
 
WEBSITE: HERE
 
 
INFORMAÇÃO GERAL 
 
O Centro de Investigação em Ciência e Tecnologia das Artes (CITAR) da Escola das Artes, Universidade Católica Portuguesa, organiza o simpósio Música Analítica 2019: Simpósio Internacional em Análise e Teoria da Música, a ocorrer no Campus da Foz, Porto, de 21–23 de Março, 2019.
 
O simpósio promove a noção de música como análise e análise como música—uma glosa da expressão “música analítica”—argumentando que os nossos modos discursivos de análise não estão fora da música, nem são apenas um complemento enriquecedor que lhe adicionamos, mas antes são integrais à forma como experienciamos, concebemos, e exprimimos a música. Em suma, a análise (implícita ou explícita) está implicada no modo em que enquadramos, processamos, e construímos o tempo e som (incluindo aspectos como o gesto ou a experiência comunal) em/como música.
 
A temática do simpósio é abrangente e inclusiva, esperando receber propostas com uma variedade de perspectivas sobre análise e teoria musical (especulativa, prática, histórica), ou que possam estabelecer intersecções com disciplinas como história, composição, teoria crítica, etnomusicologia, performance, artes sonoras, matemática, ciências cognitivas e tecnologias. Além disso, são particularmente encorajadas abordagens pedagógicas que explorem as implicações metodológicas e sociais da análise musical.
 
Refletindo o âmbito do encontro, o simpósio contará com os seguintes oradores principais:
 
Richard Cohn (Yale University)
Judit Frigyesi (Bar-Ilan University)
Sílvio Ferraz (Universidade de São Paulo)
John Rink (University of Cambridge)
 
__________
 
Organização Organizing Committee
José Oliveira Martins (CITAR-EA/Universidade Católica Portuguesa)
Sofia Serra (CITAR-EA/Universidade Católica Portuguesa)
Daniel Moreira (CITAR, ESMAE/Instituto Politécnico do Porto)
Paulo Perfeito (CITAR, ESMAE/Instituto Politécnico do Porto)
Telmo Marques (CITAR, ESMAE/Instituto Politécnico do Porto)
 
 

 

Semana de Acolhimento - 10 a 14 de setembro

 

Entre os dias 10 e 14 de setembro, a Escola das Artes promove uma Semana de Acolhimento aos novos alunos das licenciaturas em Som e Imagem e Conservação e Restauro. Durante cinco dias, os alunos terão atividades diversas e momentos de descontração e convívio.

Dia 10
10:30 | Conhecer a Escola: team building / workshop registo vídeo e fotográfico
| Ponto de encontro: EA 230
13:00 | Almoço coletivo
| Local: cantina
17:00 | Visita à exposição “Auto-Retrato”, de Salomé Lamas
| Conversa com o curador Prof. Daniel Ribas
| Local: Sala de Exposições EA
18:00 | Esplanada aberta
| Local: entrada Escola das Artes

 

Dia 11
14:00 | Sessão de apresentação dos departamentos de apoio aos alunos
| Local: EA230
17:00 | Esplanada aberta - Concerto Filipe Moreira & Mafalda Magalhães
| Local: entrada Escola das Artes

 

Dia 12
17:00 | Sessão de Abertura CINECLUBE: apresentação do seu programa para 2018/19 + Retrospetiva de projetos desenvolvidos na Escola das Artes (no âmbito da celebração dos 20 anos do curso de Som e Imagem) #1
| Local: Auditório Ilídio Pinho
18:00 | Esplanada aberta - Concerto KHALAL
| Local: entrada Escola das Artes

 

Dia 13
17:00 | CINECLUBE: Retrospetiva de projetos desenvolvidos na Escola das Artes (no âmbito da celebração dos 20 anos do curso de Som e Imagem) #2
| Local: Auditório Ilídio Pinho
19:00 | Inauguração Exposição “Catálogos e outros Materiais Gráficos do Mobiliário Europeu”
| Local: Átrio do edifício de Conservação e Restauro
20:00
00:00
| Esplanada Aberta
| Jantar

 

Dia 14
10:30 | Visita ao Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves
| Local: Fundação de Serralves
13:00 | Almoço partilhado no Jardins do Parque de Serralves
18:00
00:00
| Esplanada aberta - Concerto Lineless
| Jantar
| Local: entrada Escola das Artes
00:00
02:00
| Festa + DJ
| Local: Bar das Artes

 

Dia 12  PROGRAMA  CINECLUBE
17:00 | Sessão de Abertura CINECLUBE: apresentação do seu programa para 2018/19 + Retrospetiva de projetos desenvolvidos na Escola das Artes (no âmbito da celebração dos 20 anos do curso de Som e Imagem) #1
| Local: Auditório Ilídio Pinho
  SESSÃO #1

FONTELONGA | Luís Costa, 2013 | Doc. 14:00|
THE AMAZING ORDINARY MAN | Paulo Portugal, 2016 | Ani. 4:30
O LIVRO DE TUDO | Joana Alves, 2016 | Fic. 16:00
BRUMA | Daniela Santos, Gabriel Peixoto, Mónica Correia e Sofia Cachim, 2018 | Ani. 6:00
CASAS CAIADAS | Kyle Sousa, 2017 | Fic. 16:30
SWEET BITE | Miguel Bettencourt, 2016 | Ani. 5:00

 

Dia 13  PROGRAMA  CINECLUBE
17:00 | CINECLUBE: Retrospetiva de projetos desenvolvidos na Escola das Artes (no âmbito da celebração dos 20 anos do curso de Som e Imagem) #2
| Local: Auditório Ilídio Pinho
  SESSÃO #2

VIAGEM | José Diogo Magro, 2015 | Fic. 15:00
GHIOCEL | Mara Ungureanu, 2015 | Ani. 5:00
FLOR DO GÁS | João Castela, 2017 | Fic. 12:00
UMA FORMIGA | João Veloso, 2017 | Doc. 14:00
ENTRE O VERÃO E O OUTONO | Maria Francisca Pinto, 2017 | Ani. 3:30
JOHN | Rita Ornellas, 2017 | Fic. 12:00

 

pt
07-09-2018

Pages