Arte & Ecologia · Criação no Digital · Rui Penha

28.03.2019 18:00 — 28.03.2019 20:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

28.03.2019 18:00 28.03.2019 20:00 Arte & Ecologia · Criação no Digital · Rui Penha Link: https:///pt/node?page=9&msite=30

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
Arte & Ecologia
Aulas Abertas

Auditório Ilídio Pinho · 18H

resono [2015], Rui Penha & Concerto de Amadores [1882], Columbano Bordalo Pinheiro
Fotografia: José Paulo Ruas e Luísa Oliveira, DGPC/DDCI/DDF

 
28 MAR | Criação no Digital
Rui Penha (músico e compositor)
 
Pode parecer óbvio que as especificidades da tecnologia digital trazem consigo novas formas de fazer e pensar a arte. Questões como os meios de disseminação, a geração automática, a interactividade ou a obsolescência foram significativamente alteradas pelos desenvolvimentos tecnológicos das últimas décadas. Mas será que mudaram de forma relevante o papel da arte nas nossas vidas? Em quais aspectos — na formação, nas preocupações ou no quotidiano de trabalho — serão diferentes os artistas da era digital? E em que medida essa diferença será uma consequência das técnicas ou uma resposta às contingências da contemporaneidade?
 
Compositor, artista intermédia e performer de música electroacústica, Rui Penha nasceu no Porto em 1981. Completou um Doutoramento em Música (Composição) na Universidade de Aveiro. A sua música foi tocada e gravada por músicos como Arditti Quartet, Peter Evans, Remix Ensemble ou Orquestra Gulbenkian. Foi fundador e curador da Digitópia (Casa da Música) e tem um grande interesse pela relação entre a música e a tecnologia. A sua produção recente inclui interfaces para expressão musical, software para espacialização sonora, instalações interactivas, robôs musicais, autómatos improvisadores e software educativo. Nos últimos anos, tem-se debruçado em particular sobre o papel da criação artística em contexto académico. Leccionou em diversas instituições de ensino superior Portuguesas (DeCA-UA, ESMAE, ESART, ULP), e é actualmente Professor Adjunto na ESMAE e Investigador Sénior no INESC TEC. Mais informações em http://ruipenha.pt 
 
ENTREVISTA
 
 
 
GRAVAÇÃO INTEGRAL
 

_ _ _ 
 
Todo o programa "Arte & Ecologia" > AQUI
 

 

Arte & Ecologia | Musical Performance · John Rink

21.03.2019 18:00

Ao clicar aqui, o conteúdo irá ser traduzido pelo Microsoft Translator.
By clicking here, the content will be translated by Microsoft Translator.

21.03.2019 18:00 Arte & Ecologia | Musical Performance · John Rink Link: https:///pt/node?page=9&msite=30

Como Chegar / How to Arrive
Universidade Católica Portuguesa - Porto
Arte & Ecologia
Aulas Abertas
Auditório Ilídio Pinho · 18H
 
 
21 MAR | Musical Performance
John Rink (musicólogo)
 
Na performance musical, o gesto artístico é relevante para uma individualidade da expressão e para a música que daí se obtém. Nesta palestra, também integrada na conferência Música Analítica 2019: Porto International Symposium on the Analysis and Theory of Music, o musicólogo e intérprete John Rink irá mostrar como poderá haver uma decisão "ecológica" dos artistas, e também no que diz respeito a uma abordagem "ecológica" para a análise de performances musicais em particular e música em geral.
 
John Rink é Professor de Estudos de Performance Musical na Universidade de Cambridge, diretor de Estudos em Música no St John's College, e diretor do Cambridge Centre for Musical Performance Studies and Cambridge Digital Humanities. Rink trabalha nos campos de estudos de Chopin, estudos de performance, análise musical e musicologia digital.
 
_ _ _ 
 
Todo o programa "Arte & Ecologia" > AQUI
 

Pages